Este blogue é dedicado à memória do meu Pai, Alberto Pedroso (7 de Abril de 1930/1 de Janeiro de 2011).

quinta-feira, 30 de junho de 2011

ATLANTIDA!

No próximo domingo pelas 21h30 no National Geographic Chanel.
Atlântida.

ORA AÍ ESTÃO ELES!!!

Então 50% do subsídio de Natal já foi à vida!!!Ora aí começaram eles! e para o ano lá se vai o reembolso do IRS e subsidio de férias!!
Parabéns aos portugueses que votaram neste governo e neste partido!
Quando é que abrem os olhos????
Ponham os olhos na Grécia, olhem para a Tv e vejam como eles fazem.....

BERLENGAS

A UNESCO acabou de declarar hoje Berlengas e Santana (Ilha da Madeira) como reserva da Biosfera.

SOMOS TODOS GREGOS!


Foi ontem aprovado pelo Parlamento da Grécia um terrível, violento e muito austero pacote de medidas para evitar a bancarrota do país. Os gregos estão nas ruas a manifestar-se à sua maneira contra tais medidas que os fazem, como cá em Portugal também e na restante Europa, pagar pelos erros dos outros. Dos banqueiros, dos milionários, dos governos corruptos e incompetentes que temos, ignorantes e irresponsáveis.
Não foram os povos que criaram a crise nem o défice, nem coisa nenhuma, trabalhamos e pagamos os nossos impostos, cumprimos com os nossos deveres, quem corrompe, quem pratica crimes económicos com dinheiro do estado e dos contribuintes é que tem de pagar a crise. A crise não é nossa.

E as coisas vão piorar enquanto deixarmos que os governos e banqueiros e afins continuem tranquilamente cheio de mentiras e de cinismo e hipocrisia.

Neste momento quem se atirou para a frente foram os gregos, destemidos e corajosos e frontais como sempre o foram.

E vale a pena recordar as palavras de Mários Soares recentemente: "n~so se pode tratar o povo grego de qualquer maneira, a Grécia é o berço da civilização, os gregos já escreciam poemas e peças teatrais e musicais que ainda hoje são lidas e estudadas, já tinham pinturas que ainda hoje olhamos com assombro, já tinham água corrente, roupas sofisitcadissimas, ainda na Europa, os alemães (antepassados da Srª Merkel andavam a comer com as mãos e cobertos de peles).

A Srª Merkel e afins, Sarkozis e outros que tais que pululam os palácios e os corredores dos poderes da Europa, devem por-se em sentido sempre que falam da Grécia e do Povo Grego.

terça-feira, 28 de junho de 2011

"NEM TODOS OS PÁSSAROS MIGRAM"

Exposição de desenho de Joana Simões - Inauguração a 2 (até 16)de Junho na Velha Gaiteira, Rua das Pedras Negras, nº 17, em Lisboa (junto à Sé de Lisboa);

Nem todos os pássaros migram.

Alguns nem sabem o que é ser um pássaro. Alguns não sabem como ser um pássaro. Alguns têm medo de ser um pássaro. Alguns não sabem que são um pássaro. Alguns estão num corpo errado.

Nem todos os pássaros migram.

Alguns ficam. Alguns ficam porque têm medo. Alguns ficam porquer querem. Alguns gostam de ficar. Alguns ficam porque pensam que alguma coisa os prende. Alguns ficam porque não sabem que há um sul.

Nem todos os pássaros migram.

Alguns nunca chegam a saber o que é voar. Alguns esquecem-se de como se voa. Alguns morrem pelo caminho. Alguns perdem-se pelo caminho. Alguns enganam-se.

Nem todos os pássaros migram.

Alguns migram e voltam. Alguns migram e não voltam. Alguns migram para sempre.Alguns nunca migram.

(Joana Simões)

LOUKANIKOS - O CÃO REBELDE

Loukanikos é um cão contestário! Está sempre nas manifestações e desfiles na Grécia contra o FMI e as decisões do governo,e ... ao lado dos manifestantes! Sempre! Não falha uma manifestação ou concentração! As suas fotos correm mundo e até já tem um blog:http://rebeldog.tumblr.com/
Aqui ficam as fotos!

sexta-feira, 24 de junho de 2011

STEEVE MC QUEEN (quando actor de cinema se escrevia com letra grande!)

Steeve Mc Queen nasceu em 1930, nos E.U.A. Teve uma infância atribulada, passando por familias adoptivas e reformatórios.A partir dos 15 anos, saiu de casa e tentou viver e ganhar a vida com os mais diversos trabalhos e empregos.Fez alguns pequenos papeis na Tv, e nos anos 50 e 60 era um dos mais conhecidos e famosos actores de Hollywood.Foi sempre um revoltado, apesar de um homem simples que fugia da vida fútil de L.A. e Hollywood.Os seus filmes ficarão para sempre na memória de quem gosta de cinema e viveu esses anos loucos.
Fez quase sempre filmes que em certa medida espelhavam a sua personalidade, rebelde, solitário, generoso;
adorava carros, motos, altas velocidades, as mulheres,
foi um defensor dos direitos civis no seu país nomeadamente dos indios;
Morreu em 1980, com um cancro nos pulmões após uma longa luta contra a doença.
Milhares e milhares de pessoas em todo o mundo choraram ao ouvir a noticia da sua morte, incluindo eu própria.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

SOBRE O DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Comemora-se todos os anos o Dia Mundial da Criança, embora eu considere que todos os dias são dias da criança, reparei que na net e em vários blogs e sites muita gente falou sobre esse assunto. Embora já um bocadinho atrasada, gostaria também de fazer o mesmo, mas lembrando uma criança, um rapazinho de 13 anos, sirio, apanhado e preso numa manifestação anti regime nas ruas da capital siria. Apanhado e preso pela policia governamental, uma criança de 13 anos!!!!Só por si o facto já é em si um horror! Mas foi torturado, barbaramente seviciado, assassinado. O corpo foi entregue à familia mutilado e em tal estado que tem causado horror e revolta em todo o mundo. O video posto a circular através da internet chegou mesmo a ser retirado por ser tão violento e revoltante...
Não consigo imaginar o pavor que a criança viveu nos ultimos momentos da sua tão curta vida...um rapazinho, uma criança ainda, que apenas gostaria de jogar à bola na rua e fazer as travessuras próprias da sua idade e de qualquer criança em todo o mundo...
E o sofrimento da mãe, do pai, dos irmãos, da familia....
O pequeno Hamza tornou-se um mártir, infelizmente para ele.
E o mais grave é que não é a única criança do mundo a ser torturada e assassina e violentada.
Milhares e milhares e milhares de crianças em todo o mundo vivem vidas de pavor, de medo e injustiça e violência.
Descansa em paz pequeno Hamza!

136º ANIVERSÁRIO

Parabéns Zé!

quinta-feira, 16 de junho de 2011

ACTO DE CORAGEM

Esta senhora inglesa, Elisabeth Oliver de 70 anos de idade, mas com um espirito extremamente jovem e arrojado, decidiu ajudar os animais perdidos e abandonados na sequência da tragédia de Fukushima no japão. Ela está na zona da central nuclear, e socorre todos os animais que encontra e que pode, não só cães e gatos, mas também animais de grande porte, como cavalos, por exemplo.Recolhe-os, trata-os, e tenta encaminhá-los para novos donos ou para locais onde possam estar protegidos.
Bravo! um exemplo a seguir!

terça-feira, 14 de junho de 2011

INDIGNADOS!

Os cidadãos que têm estado acampados e reunidos na Porta del Sol, levantaram o acampamento e decidiram optar por outras formas de luta, nomeadamente, realizarem novas acções nas mais diversas cidades e vilas de Espanha.
O Movimento já se estende a várias cidades de toda a Europa.
Continuemos Indignados!

quinta-feira, 9 de junho de 2011

CAFÉ!!!

Adoro café, aliás sou cafeinodependente! não vivo sem café, dia não é dia sem se tomar a biquinha da praxe!

Comecei a beber café logo que iniciei a minha vida de trabalho, aos dezoito anos, há já muito, muito tempo, nessa altura, em Portugal só se bebia café de Angola, era uma colónia e vinha de lá bom e barato. Óptimo, delicioso, saboroso café de Angola!
Após o 25 de Abril de 74 e com a independência de Angola, acabou-se o café de Angola!!! Portugal começou a importar café do Brasil! um horror, não tenho contra o Brasil, mas após anos a consumir o café de Angola, foi um desgosto, um desconsolo, em protesto estive meses e meses sem beber uma gota de café, mas depois, que remédio, tive de me adaptar.

Mas, há sempre um mas... amantes do café, incluindo eu própria, sempre que beberem uma chávena do adorado liquido, não se esqueçam: para podermos apreciar e gozar da nossa bela biquinha, há milhares e milhares e milhares de criaturas, seres humanos, velhos, mulheres e crianças, que trabalha, arduamente, quase como escravos, sem condições, sem direitos, sem dignidade, nas plantações de café que pertencem , claro está, a multinacionais. Milhares de hectares de floresta são anulamente desbatados e destruídos, populações são desalojadas, animais, espécies que vivem no seu habitat natural são mortos e expulsos dos seus territórios ttradicionais, para que o comércio do café nunca pare, nunca tenha fim, a exploração exige sempre e sempre mais.E os consumidores finais somos nós, Ocidentais!que o consumimos alegremente, despreocupadamente, sem sequer por um minuto pensarmos na tragédia que causamos...
E mais, a colheita nas plantações do café, não começou mas está intimamente ligada à escravatura...

A historia do café começou no século IX, sendo originário das Terras Altas da Etiópia, talvez de cultiras do Sudão e Quénia, tendo-se difundido para o mundo através do Egipto e da Europa. A palavra café, ao contrário do que geralmente se pensa, deriva da palavra árabe qahwa, que significa "vinho", devido à importância que a planta passou a ter para o mundo árabe.

Uma lenda conta que um pastor chamado Kaldi observou as suas cabras ficavam mais espertas ao comer as folhas e frutos do cafeeiro.Experimentou os frutos e sentiu uma enorme vivacidade. Um monge da região, ao saber do facto, começou a utilizar uma infusão de frutos para resistir ao sono quando orava.

O conhecimento dos efeitos da bebida disseminou-se e no século XVI o café era utilizado no oriente, sendo torrado pela primeira vez na Pérsia.
Na Arábia, a infusão do café recebeu o nome de Kahwah ou cahue (ou ainda quh'wa, do original em árabe), enquanto na lingua turco otomana era conhecido como Kahvw, cujo significado original também era "vinho". A classificação Coffea arabica foi dada pelo naturalista Lineu.

O café no entanto teve inimigos mesmo entre os árabes, que consideravam as suas propriedades contrárias às leis do Profeta Maomé. No entanto, o café venceu essas resistências e até os doutores maometanos aderiram à bebida para favorecer a digestão, alegrar o espirito e afastar o sono, segundo os escritores da época.


Em 1475 surge em Constantinopla a primeira loja de café,o qual para se espalhar pelo mundo beneficiou em primeiro da expansão do islamismo e posteriormente, pelo desenvolvimento dos negócios proporcionado pelos descobrimentos dos portugueses e espanhois.

Cerca de 1570 foi introduzido em Veneza, mas a bebida considerada maometana, foi proibida aos cristãos, foi preciso esperar pelo Papa Clemente VIII para estes poderem apreciar o café.

Em 1652, foi aberta a primeira casa de café em Inglaterra, e a primeira do continente europeu, seguindo-se Itália, e mais tarde Paris. Foi aí que pela primeira vez se adicionou açúcar ao café, durante o reinado de Luis XIV, a quem tinha sido oferecido um cafeeiro em 1713.

Na sua peregrinação pelo mundo o café chegou á Ilha de Java, e posteriormente aos Países Baixos, devido ao grande dinamismo do comércio maritimo da Companhia das Indias Ocidentais, sendo também introduzido no Novo Mundo, espalhando-se pelas Guianas, Martinica, São Domingos, Porto Rico e Cuba.
O café era escoado das fazendas depois de secados nos terreiros de café, no interior das terras do Novo Mundo, seguindo até ás estações de combois recentemente inventado, era armazenado em sacas, nos armazéns das Companhais Férreas e depois embarcado e enviado de barco para todo o mundo.
O tráfico negreiro, de escravos, era um dos negócios mais lucrativos da economia brasileira, e não só, e movimentava muito dinheiro. Com a abolição da escravatura, os fazendeiros procuraram incentivar uma politica de imigração para os trabalhos antes realizados pelos escravos.

Os estabalecimentos comerciais na Europa consolidaram o uso da bebida do café e diversas casas ficaram mundialmente conhecidas, como o Café Nicola, em Lisboa, onde se encontravam politicos e escritores, como o poeta Bocage, o Virginia Coffee House, em Londres, e o Café de La Régence, em Paris, reunindo nomes famosos como Rousseau, Voltaire, Richelieu e Diderot.

O invento da cafeteira, em finais do século XVIII, por parte do Conde de Rumford, deu um grande impulso à proliferação da bebida, ajudada ainda por uma outra cafeteira de 1802, esta da autoria do francês Descroisilles, onde dois recipientes eram separados por um filtro.

Em 1822 uma outra invenção surge em França, a máquina do café expresso, embora ainda não passasse de um protótipo. Em 1855 é apresentada uma em exposição em Paris mas foi em Itália que acabou por ser aperfeiçoada.

Foram os italianos, que em 1905, comercializaram a primeira máquina de expresso, precisamente no mesmo ano em que foi inventado um processo que permitia descafeinar o café. Em 1945, logo após o final da Ii Guerra Mundial, a Itália continua tendo a primazia sobre os expressos e Giovanni Gaggia apresenta uma máquina onde a água passa pelo café depois de pressionada por uma bomba de pistão. O sucesso foi notório.


O café é nos tempos actuais a bebida artificial mais consumida em todo o mundo, sendo servidos cerca de 400 biliões de chávenas de café por ano! O mais comum é o arabica, assim como é uma das indústrias mais cotadas pela Bolsa.
A maioria das pessoas consumidoras de café desconhecem as substâncias saudáveis e os seus efeitos terapêuticos:
o consumo moderado de café, 3 a 4 chávenas por dia, tem efeitos de prevenção de problemas tão diversos como a doença de Parkinson, a depressão, a diabetes, cálculos biliares, cancro de colon e o consumo de drogas e alcoo, para além disso, melhora a atenção, o desempenho escolar e a produtividade no trabalho;
Contém vitamina B, lipidos, aminoácidos, açúcares e uma grande variedade de minerais, como potássio e cálcio, além da cafeína;
Tem propriedade antioxidantes, combatendo os radicais livres e melhorando o desempenho na prática desportiva;
Doenças como enfartes, malformação fetal, cancro de mama, aborto, ulcera gástrica ou qualquer outro tipo de cancro não estão associadas ao consumo moderado de cafeína. Segundo alguns estudos, o seu consumo poderá mesmo baixar o risco de cancro de próstata;
Melhora a taxa de oxigenação do sangue;

Existem claro algumas contra indicações, mas nada de muito grave se for bebido com moderação!
Viva o Café!!!

(fonte: Wikipédia)