Este blogue é dedicado à memória do meu Pai, Alberto Pedroso (7 de Abril de 1930/1 de Janeiro de 2011).

sexta-feira, 29 de junho de 2012

APELO DO MÉDICO ALEMÃO, DR. MATHIAS RATH , AO POVO ALEMÃO, AOS POVOS DA EUROPA E DE TODO O MUNDO: PARA OUVIR/LER E PENSAR MUITO SERIAMENTE E PARTILHAR!

YEHORAM GAON: AVRE TU PUERTA CERRADA - (ANTIGA) CANÇÃO DOS JUDEUS SEFARDITAS, PENINSULA IBÉRICA, DIALECTO LADINO

OBAMACARE


Nos Estados Unidos, o Presidente Obama conseguiu finalmente fazer aprovar a sua Lei de Saúde, um género de Serviço Nacional de Saúde, embora, tanto quanto me parece ainda bastante diferente do que vigora na Europa desde há várias décadas.
E inteligentemente e civilizadamente o Congresso ratificou.Com a oposição dos Republicanos e dos senhores e senhoras do Tea Party.
O mais estranho e surrealista no meio de tudo isto, é como é que é possível, em pleno século XXI, no país mais poderoso e influente do mundo, para o melhor e para o pior, haja cerca de 30 milhões de cidadãos pobres e que por isso mesmo, se ficarem doentes, morrem sem tratamento e sem apoio médico. Tal e qual como na Europa no século 17 e anteriores. Em Portugal, nos anos 500 já a Rainha D. Leonor havia fundado as Misericóridas, pois achou e muito bem que o povo, as classes baixas, estando doentes tinham direito a ser tratadas!
E ainda mais grave, como é possível que os ricos e os milionários, tudo tenham feito para impedir a aprovação dessa lei, diabolizando o presidente, como se implementar um serviço nacional de saúde, fosse uma coisa do outro mundo, ou uma coisa diabólica e estranha!!!
Esses senhores e senhoras do Tea Party e afins, portam-se como fidalgotes europeus dos séculos XVII, emproados e arrogantes, desprezando os mais pobres e desfavorecidos!
Na Europa, desde o século XVIII, já tivemos a Revolução Francesa (desde aí nunca mais houve fidalgos emproados), Napoleão, a Comuna de Paris, as lutas liberais, as lutas republicanas e socialistas, a guerra franco-prussiana, a Revolução Russa, a I e a II Grande Guerras Mundiais, em França desde 1936, com o Governo da Frente Popular, que os trabalhadores têm direito a férias pagas e a serviços e cuidados médicos...
Em Portugal, há quem queira destruir o nosso Serviço Nacional de Saúde da qual sou uma acérrima defensora. Os partidos de esquerda chamam-lhe uma conquista de Abril, em Portugal foi-o de facto, já que antes disso não havia nada, mas os serviços de saúde são mais que uma conquista do 25 de Abril, são um direito dos cidadãos europeus, bem merecido, desde a segunda metade do século XX, pelo menos.
Por tudo isto, na minha opinião, os americanos estão de parabéns! E espero sinceramente que Obama seja reeleito!

LADRÕES DE BICICLETAS

Um filme do ano de 1948, do realizador Vitorio de Sica (um dos grandes italianos do cinema do século XX).


A acção do filme passa-se nos negros anos 40, em Itália do pós guerra, no meio da miséria, fome, desemprego e destruição. Um operário desempregado, anda com o filho pequeno à procura de qualquer coisa em que possa ganhar algum dinheiro. Para se deslocar com mais facilidade necessita de uma bicicleta, é um homem sério mas o desespero leva-o a roubar uma,  é apanhado pelos outros operários também eles cheios de problemas. Humilhado, é o filho garoto que se porta como um adulto e que tenta salvar a dignidade do pai.
Um filme muito belo, a preto e branco. Infelizmente é raro passar seja em que sitio for, na Tv nem falar,  pelo menos em Portugal, talvez, com um bocadinho de sorte em alguma boa cinemateca.


quinta-feira, 28 de junho de 2012

DAAN - UM CÃO PORTUGUÊS COM PATINHAS DE VELUDO

Tessa de Loo é uma escritora holandesa a viver há vários anos em Portugal, mais concretamente no Algarve, na zona de Faro. Creio ser bastante conhecida no seu país.
Certo dia, um amigo apareceu-lhe em casa com um cãozito que havia encontrado abandonado e recolhido. Tessa adoptou-o, e a partir daí a sua vida mudou literalmente.
O livro está muito bem escrito, está praticamente esgotado (consegui um exemplar porque sou sócia do Circulo de Leitores e o senhor que me traz os livros conseguiu arranjar um) e aconselho toda a gente que gosta de cães a ler. 


SEM PALAVRAS! INDIOS DA AMAZONIA PROTESTAM CONTRA A RECENTE CIMEIRA DOS G-20 (OS MAIS RICOS DO MUNDO)


TOLERÂNCIA ZERO AO ABANDONO DE ANIMAIS!


PENSA!


MUSICA AFRICANA


sexta-feira, 22 de junho de 2012

DE NOVO O VERÃO!


JOÃO DOMIGOS BOMTEMPO -(1775-1842) O MAIOR COMPOSITOR PORTUGUÊS DE SEMPRE (| Piano Concerto No1 (4/4) COM A PIANISTA PORTUGUESA NELLA MAISSA

GRÉCIA X ALEMANHA

Que me desculpem os adeptos do futebol, mas não gosto de futebol, nunca gostei, nunca consegui entender o interesse de ver durante 90 minutos 22 homens a correr atrás de uma bola, mas pronto! há gostos para tudo.Mas torço sempre por Portugal, claramente e sem margem para dúvidas. Há 8 anos, (creio que foi há 8 anos) num famoso campeonato europeu, assisti religiosamente a todos os jogos em que Portugal entrava e no final, quando foi eliminado chorei de frustração. E jurei que nunca mais!
Fico sempre feliz e orgulhosa quando ganha um jogo ou quando apenas se limita a marcar golos, apoio a equipa. Sem sombra de dúvidas, e espero que neste campeonato ganhe!
Mas hoje, em especial torço pela Grécia, além de simpatizar com os gregos, um povo antigo e orgulhoso, muito independente e indómito, que muito preza a sua história e as suas tradições, qualidades que nos tempos actuais muita falta fazem aos Portugueses;  hoje a Grécia joga contra a Alemanha. Não quero de forma alguma escrever aqui o que actualmente penso dos alemães e sobretudo das pessoas que o povo alemão elegeu para seus governantes, pois teria de ser muito desagradável e não pretendo isso.
Mas do fundo do meu coração, rezo e peço encarecidamente para que a equipa grega tenha uma vitória retumbante, mais a mais que segundo me consta, uma criatura denominada Angela Merkel irá estar presente no estádio para assistir ao dito jogo.
Viva a Grécia! e vivam todos os Povos do Sul da Europa, os melhores povos do Mundo!

A (POUCA) EXIGÊNCIA DOS PORTUGUESES


Embora eu ache que Portugal tem futuro, se os Portugueses assim o quiserem, claro,  e fizerem alguma coisa para isso!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

SOLSTICIO DE VERÃO (SAMHAIN) 23 DE JUNHO 2012


Desde a noite dos tempos, que a Humanidade (principalmente no Hemisfério norte) comemora o Solsticio de Verão, o maior dia do ano.
Um velho e muito, mesmo  muito antigo ritual pagão que foi apropriado pelo culto romano da deusa Vesta, patrona do Fogo e, posteriormente pelo Cristianismo, que o atribuiu a João Baptista.

As tradicionais e muito concorridas festas dos Santos Populares em Portugal mas não são do que manifestações populares e reminiscências de um  acto profundamente mágico,  misterioso e sagrado.

Para o Cristianismo, João Baptista é o testemunho da Luz, da Renovação.
Tem uma relação com os ciclos naturais, entre o ciclo de translação da Terra e a Fonte de Luz, de Vida, de energia que é o Sol.
Significa também o mito do eterno retorno.
Em Portugal, tenho conhecimento que desde há alguns a esta parte, vários grupos de pessoas reunem-se para celebrar este acontecimento, em vários pontos do país, nomeadamente na zona de Sintra, mas não apenas lá.