Este blogue é dedicado à memória do meu Pai, Alberto Pedroso (7 de Abril de 1930/1 de Janeiro de 2011).

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

COKAS, COKINHA! 1996/2013)

O cão CoKas, nasceu no no final do ano de 1996, quando o conheci era um cachorrinho minusculo, cabia num bolso normal e foi assim que passeou muitas vezes. Pertencia a uns amigos meus, quando vim viver para Caldas da Rainha, tinha os gatos siameses e o Lupo, o Husky, como este estava muito sózinho durante o dia, o Cokas veio para lhe fazer companhia e ... ficou até hoje.
O Cokas foi sempre um cãozinho muito "sofisticado" nunca gostou muito de brincadeiras nem de grandes confusões! Era o grande amigo do Lupo, antes de morar nesta casa actual, estive uns meses na zona de Gaeiras, todos os dias e também aos fins de semana soltava o Lupo para ele poder correr pelo mato fora, (até ele descobrir um galinheiro e tentar comer as galinhas todas, aliás chegou a conseguir comer uma inteirinha e aí acabou-se a liberdade, passou a sair à trela), o Cokas vinha sempre a correr atrás dele e divertiam-se imenso os dois.. Mais tarde chegou a Pimentinha que passou a ser a "menina da casa" e os ciúmes com o Lupo eram muitos. O Lupo partiu, e uns meses depois veio o Boy, (veio do canil da Crapa), o Cokas nunca gostou muito dele, mais uma vez tinha ciúmes. O Boy já era muito muito velhote, esteve connosco apenas dois anos e partiu também. Agora chegou o Papuça, mas o Cokinha também já está muito velhote, já vê mal, também ouve mal, e não lhe ligou muito. Ignora-o.

Foi sempre um cãozinho pacato, quase não se dá por ele, como todos os cães adora mimos, fica sempre muito nervoso quando sai à rua, é muito esquisito com a comida, só come ração de lata ou então de gato. Agora dorme quase todo o dia, às vezes tenho mesmo de o acordar!




Sem comentários:

Enviar um comentário