Este blogue é dedicado à memória do meu Pai, Alberto Pedroso (7 de Abril de 1930/1 de Janeiro de 2011).

domingo, 27 de abril de 2014

JULIO DINIS: GRANDES ROMANCES DO SÉCULO XIX

Joaquim Guilherme Gomes Coelho, que ficou conhecido como Julio Dinis, nasceu na cidade do Porto na Rua da Reguinha, a 14 de Novembro de 1839, e viria a falecer também no Porto, no dia 12 de Setembro de 1871. O seu pai, José Joaquim Gomes Coelho, cirurgião,e sua mãe de origem irlandesa, Ana Constança Potter Pereira Gomes Coelho; a mãe viria a morrer 6 anos depois vitima de tuberculose; frequentou a escola em Miragaia, estudou na Escola Politécnica e estudou Medicina na Escola Médico Cirurgica do Porto; de saúde débil,  refugiava-se em Ovar e na Ilha da Madeira, e nessas alturas escrevia.
Mas no século XIX a tuberculose não tinha cura e vitimava grande número de pessoas.
O seu romance "As Pupilas do Senhor Reitor" foi publicado em 1869, em folhetins no Jornal do Porto. "Uma familia inglesa", Serões de provincia", "Os Fidalgos da Casa Mourisca", "A Morgadinha dos Canaviais", depois da sua morte prematura, foram publicados "Inéditos", "Esparsos", "Poesia".
Figuras da vida real, familiares seus, inspiraram personagens como Jenny de "Uma familia inglesa" e a tia Doroteia de "A Morgadinha dos canaviais".
Julio Dinis usou também o pseudónimo de Diana de Aveleda, escrevendo "os Novelos da Tia Filomena", e "Espólio do Senhor Cipriano".
Escreveu também para o Diário do Porto, Semana de Lisboa e Serões. 
As suas obras foram largamente adaptadas ao cinema, à televisão, em Portugal e também no Brasil.






















(casa onde viveu em Ovar hoje transformada em Museu)




Sem comentários:

Enviar um comentário