Este blogue é dedicado à memória do meu Pai, Alberto Pedroso (7 de Abril de 1930/1 de Janeiro de 2011).

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

PINTOR MANUEL CARGALEIRO

O pintor Manuel Cargaleiro nasceu em 1927 numa pequena aldeia portuguesa, Chão das Servas, Vila Velha de Rodão, distrito de Castelo Branco, mas passou parte da infância nos concelhos de Almada e Seixal, margem sul de Lisboa.

Em 1949 participou no 1º Salão de Cerâmica organizado por António Ferro e em 1952 realizou a sua primeira exposição individual organizada pelo SNI (Secretariado Nacional de Informação).

Foi também Professor de Cerâmica na Escola de Artes Decorativas António Arroio, em Lisboa, e desde 1994 que tem uma escola no Fogueteiro, Seixal, baptizada com o seu nome.




Foi viver para Paris em 1957, onde está representado em permanência na galeria Albert Loeb, mas nos últimos anos tem dividido o seu tempo entre Paris e Portugal, Monte da Caparica. Em 31 de Janeiro de do ano de 1990 criou em Lisboa a Fundação Manuel Cargaleiro à qual doou um significativo conjunto das suas obras; possui ainda um atelier na Fábrica Viuva Lamego, em Sintra e em 1999 foi inaugurado em Itália, Vietri sur mare, na provincia de Salerno, onde posteriormente foi inaugurado o Museu Artistico Industriale Manuel Cargaleiro, estando a ser organizado um Museu dedicado à sua obra na Quinta da Fidalga no Seixal.



uma das estações do Metropolitano de Lisboa,


A sua obra varia entre a cerâmica, pintura, gravura, guache, tapeçaria e desenho. Executou os Paineis para o Jardim Municipal de Almada, a fachada da Igreja de Moscavide,  a fachada do Instituto Franco Português, em Lisboa, a estação de metro de Champs Elysées-Clemenceau, Paris,  um painel para a escola que detém o seu nome no Seixal, a estação de serviço de Óbidos na Auto-Estrada do Atlântico, a Fonte do Jardim Público de Castelo Branco, a estação de metro de Colégio Militar, Lisboa.





com a pintora Maria Helena Vieira da Silva, no Metropolitano de Lisboa,






Sem comentários:

Enviar um comentário